LAVATÓRIO

LAVATÓRIO fala sobre a urgente necessidade de reconexão do ser humano com a água e, em sentido amplo, com a natureza. Por meio de três fontes de água diferentes e em situações igualmente distintas, o tríptico sugere que, seja quais forem nossas crenças, precisamos nos lembrar da sacralidade desse elemento no sentido mais essencial e primário que existe: sem ele não se poderá garantir a manutenção da vida.

LAVATÓRIO é ato de lavar(-se); lavagem. Na Liturgia Católica é a água bebida após a comunhão. Figuradamente é ato de purificação; limpeza. Na Amazônia é a poça onde se banham animais e, segundo a história da religião, nos antigos mosteiros, era fonte perto da porta do refeitório que servia aos monges em suas abluções, antes das refeições [Quando não tinham lavabo no dormitório, aí também se lavavam pela manhã e era na pia de pedra ou bacia dessa fonte que banhavam seus mortos, antes de enterrá-los.]*

*Definições de Oxford Languages (https://languages.oup.com/google-dictionary-pt/)